O que achou da prestação de Portugal no Euro 2012?

terça-feira, 3 de julho de 2012

Movimentações no Mercado (2): Futebol Internacional


Lukas Podolski (Colónia - Arsenal)

Que grande reforço para Arsène Wenger! O avançado alemão, que já passou pelo Bayern, dá finalmente o salto para um grande do futebol europeu. Irá com toda a certeza fazer estragos na companhia de Van Persie, Giroud (que também é reforço dos gunners), Gervinho e Walcott. Pode alinhar na esquerda, no sistema habitual de 3 avançados usado pelo técnico francês, ou jogar nas costas de um homem mais fixo. Possui caracterísitcas que o podem tornar num caso sério no futebol inglês, visto que alia potência e técnica de forma invulgar.


Marco Reus (B. Moenchengladbach - Borussia de Dortmund)

Já aqui demos nota da saída de Shinji Kagawa do campeão alemão para o Manchester United. Se é um facto que a saída do japonês representa uma grande perda para o conjunto de Jürgen Klopp, a verdade é que o clube soube proteger-se dela da melhor maneira, adquirindo nada mais nada menos que o melhor jogador da última Bundesliga: Marco Reus. O internacional alemão, que deu um ar da sua graça no último Euro, é dotado de um potencial tremendo. Rápido e tecnicista, o jogador que agora alinhará pelos bi-campeões em título também se destaca pela sua capacidade finalizadora. Juntamente com Götze, Gündogan, Hummels, Schmelzer e Lewandowski (se não sair), pode ser um caso sério na próxima edição da Liga dos Campeões!


Xherdan Shaqiri (FC Basel - Bayern Munique)
A Bundesliga já é um dos campeonatos mais entusiasmantes da actualidade, e o que é facto é que a cada ano os clubes germânicos conseguem atrair melhores jogadores para as suas fileiras. E o Bayern não enjeitou a possibilidade de, a bom preço (12M €), contratar um dos jogadores mais promissores do futebol europeu e, simultaneamente, conseguir uma alternativa perfeitamente válida a Robben e Ribery. O esquerdino é um jogador de enorme qualidade técnica, é rápido, e junta a isso já bastante experiência internacional: já é internacional A pela Suiça e já participou na Liga dos Campeões, pelo que deverá adaptar-se com alguma facilidade ao ambiente da Allianz Arena.

4 comentários:

Meddler disse...

O Marco é realmente um grande jogador, e o BVB só tem a ganhar com a 'troca' pelo Kagawa. O talento do Reus é um bocado ofuscado pela fama do menino-prodígio Gotze, que apesar de poder vir a ser um tremendo jogador, a esta altura leva 15-0 do do Marco. Tenho pena que não tenha ido para o Bayern, porque é muito melhor que o Shaqiri, mas ele é adepto do Dortmund e fez a sua escolha.

O ataque do BVB promete:

Gundogan Bender

Kuba Gotze Reus

Lewa

3 de julho de 2012 às 15:47
Pé d'Atleta disse...

O Dortmund já no ano passado podia ter feito mais na Liga dos Campeões, mas viu-se que faltou experiência à equipa e ao próprio treinador. Mas este ano podem ser um caso sério, jogam muito bem à bola...

3 de julho de 2012 às 16:14
Meddler disse...

Podiam era investir num GR. O Weidenfeller é um bom GR e só isso. Não é daqueles que fazem a diferença. Zieler ou ter Stegen podiam ser boas opções. Podiam também ter agarrado o Adler, que acabou por assinar pelo Hamburgo. E o Adler deve ser o único GR alemão que consegue atingir o nível do Neuer.

A defesa é forte, mas acho que o Schmelzer e o Piszczek só são realmente mais valias para consumo interno. Para as competições europeias julgo que precisam de algo mais.

De resto, do meio campo para a frente, impecável. O velhote Kehl deve perder definitivamente o lugar e devem jogar num duplo pivot defensivo, com Gundogan e Bender. Depois é como já referi no outro comentário.

Outra coisa, o Borussia assegurou ainda a contratação de um menino que tem tudo para ser um caso sério no futebol, o Leo Bittencourt, filho de pai brasileiro e mãe alemã. Pouca gente o conhece, mas quem segue o futebol alemão nas divisões secundárias sabe que está ali um diamante em bruto.

PS: E esqueci-me do Mortiz Leitner, outro menino de ouro desta geração alemã e que tem estado tapado no BVB, mas com a saída do Kagawa, terá mais oportunidades, já que ainda só tem 18 ou 19 anos.

3 de julho de 2012 às 20:02
HCG disse...

Estou bastante curioso para ver o Lukas Podolski...

Acho que é o campeonato e o clube certo para ele!

E finalmente, o Dortmund da minha infância está, aos poucos, a regressar, tal como a Juve!!!

Juve, Dortmund, Tottenham, Man. City, PSG...O panorama das grandes equipas está a alterar...

6 de julho de 2012 às 18:47

Enviar um comentário